Contemplação do azul


A contemplação do azul na música de Marcus Viana.

Aprecie também Osho e a poesia: Eu e o Céu.


Inspiração – Relaxamento – Meditação

Marcus Viana – Contemplação do azul


Osho

Excertos do livro: A jornada do ser humano

Talvez não exista deus.

Não estou preocupado com isso.

Mas você precisa de um deus, de uma estrela distante rumo à qual se mover.

Talvez quando chegar lá você não encontre Deus, mas terá então se tornado um deus.

Atingindo essa estrela, você terá crescido.

O homem é infeliz porque aprendeu os truques para ser infeliz.

O ego é a base disso.

O homem é infeliz porque o êxtase e a felicidade estão muito obviamente disponíveis – esse é o problema. […]

Sentado na praia tomando um banho de sol, funda-se com o sol.

Essa é uma experiência de energia.

De repente, você vê que não é nada além de energia solar.

Fundindo-se e se unindo ao sol, os hindus passaram a adorar o sol.

Eles dizem: “O sol é Deus”.

Eles dizem: “A lua é Deus”.

Eles adoravam as árvores como coisas divinas.

Eles adoravam os rios, as montanhas.

Isso é muito significativo.

Onde quer que encontrassem Deus… sentados à beira de um rio, escutando a bela música do rio, vendo belos padrões de ondas, eles se fundiam, se dissolviam, o rio se tornava o deus. Isso acontecia lá. Sentados sobre uma montanha solitária, eles se dissolviam e desapareciam – aquela montanha se tornava seu deus.


Vídeo Poesia – Eu e o Céu


Poesia – Eu e o Céu

De: Paulo Rogério da Motta

Olhando o céu

Me dá vontade de voar!

Ver tudo de cima!

Trocar ideias com o vento,

Confidenciar

Segredos sagrados

E tolos momentos.

Perguntar o segredo da semente

Que no ventre da terra vira flor.

Perguntar por que o menino

Colhe a flor

Para dar à menina

Como prova de amor.

Mas estou aqui, olhando o céu

Sem asas para voar!

Questionando os segredos

Da semente, da flor, do amor…

Mas, mesmo sem saber,

Ao só questionar,

Mesmo sem asas,

Estou a voar!

Olho o céu

E ele olha para mim.

Para ele eu sou o céu

Que ele pode olhar.

Reflexo dele em mim.

E juntos assim,

Eu fico nele querendo voar

E ele querendo voar em mim!